Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

Encerra nesta sexta-feira (25) a 5ª edição da Colônia de Férias no Centro Poliesportivo de Itaperuna. Foram cinco dias de muita alegria, diversão, brincadeiras, esportes, danças, banho na piscina e lanches; tudo gratuito para crianças de sete até 12 anos. Os organizadores calculam que cerca de mil alunos estiveram por dia no Poli. Para assegurar que o evento fosse novamente sucesso e não tivesse nenhum contratempo, aproximadamente 100 profissionais acompanharam todas as atividades desenvolvidas.

A mudança mais significativa desta edição é que o turno da manhã foi escolhido pela organização. Em um período de temperatura muito elevada no município, foi concluído que o melhor é que todas as atividades encerrassem ao meio dia. A alteração foi bem aceita pelas crianças. “Para mim tanto faz, que seja de manhã ou à tarde. Acho que tudo ficou ótimo e estamos divertindo muito”, garante o aluno João Gabriel, 13 anos, do Colégio Estadual Luiz Ferraz.

O evento conta não apenas com crianças dos bairros do município, como também dos distritos: Boa Ventura, Raposo, Nossa Senhora da Penha, Retiro do Muriaé, Comendador Venâncio e Aré. Ônibus foram disponibilizados para o transporte dos participantes. Os serviços são executados por motoristas da Secretaria de Educação.

Outro diferencial do evento é quanto aos lanches. Com apoio da UniRedentor foi possível servir pães, bolos e sucos para a garotada. Pacientemente as crianças aguardavam sua vez em uma longa fila. “O lanchinho está muito bom! Sempre que venho gosto mais de jogar futebol e tomar banho na piscina”, revelou Pedro Ivo, 12 anos, morador do Horto Floretal, aluno da Fundação São José.

Como de costume, um dos maiores sucessos com a criançada é a tenda alecrim da Secretaria de Assistência Social. Várias atividades são desenvolvidas como capoeira, iniciação com música e pintura de rostos. Nenhum tipo de imprevisto ocorreu nestes dias. Para garantir que tudo transcorra da melhor maneira possível, toda uma estrutura foi preparada.

“O complexo é muito grande, mas a Secretaria de Saúde tem nos apoiado com enfermeiros e ambulâncias. Caso ocorresse qualquer tipo de emergência, estaríamos de prontidão para atender”, relatou o secretário de Esporte e Lazer de Itaperuna, Rodrigo Thomazine.