Marcelo Adnet. Foto: Reprodução
Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

Marcelo Adnet usou seu perfil no Twitter nesta sexta-feira (2) para contar que foi hostilizado ao sair de um mercado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde vive o agora presidente eleito Jair Bolsonaro, do PSL.

“Parei em um mercadinho na Barra pra fazer umas compras. Quando estava carregando o carro com sacolas vejo um senhor fazer gesto de armas com as mãos e gritar ‘vaza’, ‘vai embora’, ‘tá olhando o quê?’. Até eu entrar no carro alguém se juntou gritando ‘vaza vagabundo, vagabundo!’”, escreveu o humorista.

O global ainda respondeu um seguidor que disse que ele deveria ter chamado a polícia ou filmado o ato: “Foi muito rápido e como estava sozinho sendo provocado por 2 ou 3 pessoas, preferi manter a cabeça erguida e abraçar a criança porque é a resposta que posso dar. Voltar com a polícia e dizer ‘ele fez arminha pra mim e gritou vagabundo vaza daqui’ acho demais. Mas vale o relato“, e completou: “O que chateia é as pessoas que jamais estiveram ali se apressarem em dizer que é mentira algo que acabei de passar”.