Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

O Americano quer dar um passo decisivo para a classificação à fase principal do Campeonato Estadual, nesta quarta-feira (9), contra o Macaé, no Estádio Cláudio Moacyr, às 19h. Líder da seletiva com sete pontos, o Alvinegro parte em busca de uma vitória que poderá, inclusive, garantir a classificação antecipada. Para isso, vai precisar torcer por um tropeço do Resende (com cinco pontos), que encara o Nova Iguaçu às 16h. O cálculo é simples: se o Cano somar três pontos e o Resende não conseguir vencer, o Alvinegro já terá sua vaga garantida. Mesmo se for derrotado, o clube campista continua na briga. Mas a última rodada começaria bem embolada.

Jogando em casa, o Macaé, que tem quatro pontos, precisa vencer para se manter vivo na seletiva. Além de superar o Alvinegro campista, a equipe ficaria na torcida por um tropeço do América (também com quatro pontos), que encara o Goytacaz nesta quinta-feira (10) no Aryzão.

Para o técnico Josué Teixeira, esta rodada pode definir muitas posições importantes na tabela de classificação. O técnico, no entanto, considera o jogo bastante difícil pela situação do adversário. Com quatro pontos ganhos, o Macaé vem de uma derrota para o America fora de casa e precisa de uma vitória para se manter com chances de classificação.

— Jogando em casa e precisando vencer, o Macaé vai ter que sair pro jogo. E nós vamos explorar esses espaços com nosso jogo reativo e com bastante comprometimento com a marcação quando ficarmos sem a bola— afirmou.

Facções de torcida do Americano anunciaram presença em Macaé para incentivar a equipe na partida desta quarta-feira.

Lesionados, os atacantes Dedé e marcos Paulo estão fora do jogo. No ataque, jogam Neto e Romarinho. Na zaga, volta Admilton que cumpriu suspensão.

Macaé – A equipe aposta no fator casa para sair com uma vitória nesta quarta. O clube tem anunciado sorteios e promoções no intervalo da partida a fim de levar um bom público ao Moacyrzão.

Para o goleiro Marcão, a partida desta quarta é de vida ou morte para o Macaé.

— Será um jogo de vida ou morte. Temos dois jogos em casa, e esse hoje é fundamental — resumiu