Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

A Bacia de Campos foi o principal destaque da 15ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizada nesta quinta-feira (29/3), gerando perspectivas de investimentos no Estado do Rio de Janeiro. Em um único setor da Bacia de Campos, empresas de diversos países arremataram áreas com pagamento total de bônus de R$ 7, 5 bilhões e investimentos previstos de R$ 862,7 milhões.

O secretário de Estado da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro destacou a importância dos resultados para o desenvolvimento econômico do Estado.

– Os resultados foram muito positivos. A formação dos consórcios foi bastante diversificada e isso vai garantir a presença das companhias no Estado, montando suas bases de apoio e fornecimento, o que é muito importante para o desenvolvimento econômico. Esse interesse na Bacia de Campos poderá se refletir nos campos maduros, já que as empresas estarão em plena atividade na região – salientou.

O secretário também sublinhou que o governo do Estado mantém a firme decisão de adesão ao Repetro – regime tributário especial para aquisição de equipamentos da indústria de petróleo -, decisão já tomada também pelas outras unidades da Federação.

– Os resultados mostram de maneira inequívoca que a indústria de óleo e gás efetivamente acredita que o governo do Estado mantém a sua firme convicção de que nossa postura adotada em relação ao Repetro é correta. Nós fizemos essa discussão há mais de um ano, fomos o primeiro estado a anunciar a adesão e a indústria sabe que o governo do Rio não hesita em manter esses termos – afirmou o secretário.

O diretor-geral da ANP, Décio Oddone, destacou a importância dos resultados da 15ª Rodada para o Estado do Rio.

– O resultado foi espetacular. Todos os blocos da Bacia de Campos foram vendidos com bônus elevados, com ágio, diversidade de companhias, com empresas diversificadas e de alto nível ganhando espaço, o que vai trazer mobilização de equipes e contratações no Estado do Rio. É a maior demonstração da retomada do setor e o Estado deve aproveitar essas oportunidades, todo esse movimento positivo – ressaltou Oddone.

Robson Oliveira