Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

O Detran, em parceria com todos os cartórios do Estado do Rio de Janeiro, implantou o DUT eletrônico, que permite que o cartório comunique a transferência, em tempo real, ao Detran-RJ através do sistema eletrônico. A medida dá ao vendedor a garantia de que não será responsabilizado por infrações cometidas após a data da comunicação eletrônica da transferência. Além disso, também assegura ao comprador que multas anteriores à negociação não serão de sua responsabilidade.

Caso exista alguma restrição relacionada ao veículo negociado, a transferência não será efetivada, evitando surpresas desagradáveis ao novo proprietário e garantindo-lhe mais segurança jurídica.

A comunicação da transferência será também enviada simultaneamente para o cartório de títulos e registro de documentos do domicílio do comprador do veículo.

Valor

O valor do serviço no estado é o mais barato do Brasil. Serão R$ 43,17 sem ISS. O valor com ISS mais alto, caso do município do Rio, será R$ 44,77.

Em 2017, 887.579 pessoas registraram a transferência de veículos no Rio de Janeiro. Dessas, somente 113.690 fizeram a comunicação de venda ao Detran.