Samuel Orcay Fonseca, do Colégio Estadual Deodato Linhares, em Miracema é o segundo da direita para esquerda.
Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

Estudantes da rede estadual de ensino foram premiados com medalhas de ouro na 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2015), nesta segunda-feira, dia 7. A cerimônia aconteceu no Centro de Convenções do Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, e contou com a presença dos ministros da Educação, José Mendonça Filho, e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. O secretário de Educação, Wagner Victer, representou o governador Luiz Fernando Pezão.

Entre os premiados na categoria ouro estão os estudantes Felipe Silva Matos, do Colégio Estadual Almirante Barão de Teffé, em Santo Antônio de Pádua; Lucy Maria Degli Esposti Pereira, do Colégio Estadual Luiz Tito de Almeida, de Bom Jesus do Itabapoana; Marcos Willi Reis Campos, do Colégio Estadual Sol Nascente, em Cachoeiras de Macacu; Samuel Orcay Fonseca, do Colégio Estadual Deodato Linhares, em Miracema; Shai Oliveira Vaz, do Colégio Estadual Antônio Quirino, em Resende; e Raphael André Leal, do Colégio Estadual Affonso Penna, localizado na capital do Rio de Janeiro.

Nesta edição da OBMEP foram premiados, ainda, 36 alunos da Secretaria de Educação com medalhas de prata e bronze. As escolas que se destacaram e os professores orientadores também receberam kits de material didático e esportivo, troféus e menções honrosas.

O secretário Wagner Victer observou que os alunos mereceram essa conquista pela dedicação e pelo apoio dos professores, essencial para aumentar o incentivo.

– É muito bom ver que o ensino da Matemática tem sido cada vez difundido entre os estudantes e deixado de ser aquele “bicho de sete cabeças”, como se costuma dizer – destacou o secretário.

A Olimpíada é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e tem como objetivo estimular o estudo da Matemática e revelar talentos na área. Participam estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio das escolas públicas municipais, estaduais e federais.

 

Fonte: Imprensa RJ