Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

Um encontro ontem na sede da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, em Niterói, marcou a assinatura do primeiro Termo de Cooperação Técnica e Operacional da EMATER-RIO, empresa vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, com a prefeitura de Itaperuna. O acordo prevê, já a partir da próxima segunda-feira, a prestação de serviços de engenharia rural visando a recuperação e conservação de estradas vicinais, através do Programa Estradas da Produção.

De acordo com o secretário estadual de Agricultura, Eduardo Lopes,uma das metas de sua gestão é a recuperação anual de seis mil quilômetros dessas vias, fundamentais para o escoamento da produção agropecuária até os mercados consumidores.

Além de toda a diretoria executiva da EMATER-RIO, estiveram presentes o prefeito e o secretário de Agricultura de Itaperuna, Marcus Vinicius e Claudio Nuss, respectivamente. Também participou da reunião o coordenador de Engenharia Rural, Roberto Isídio.

Para preparar as condições do acordo, as equipes da EMATER-RIO estiveram reunidas com os profissionais da secretaria municipal de Agricultura, quando foram realizadas visitas técnicas e elaboração de diagnóstico. Finalizado esse trabalho conjunto, foram apresentadas as principais demandas para a fase inicial das ações.

A partir do levantamento elaborado entre as equipes da EMATER-RIO e prefeitura, a Empresa vai disponibilizar equipamentos necessários para o atendimento das demandas levantadas. Essas máquinas são de alto padrão técnico e foram devidamente revisadas. Já a prefeitura ficará responsável pela manutenção e guarda do equipamento, além da compra do combustível necessário e a contratação de mão de obra  para sua  operacionalização.

Também pelo acordo, a patrulha permanecerá no local pelo prazo de 90 dias, podendo retornar durante o período de vigência do termo que é de 24 meses. A forma de parceria com a prefeitura de Itaperuna vai reger todos os contratos de cooperação de engenharia rural que vierem a ser celebrados daqui para frente com diferentes municípios, servindo de modelo.

Para o presidente da EMATER-RIO, Sergio Lemberck, esse primeiro trabalho em parceria de sua gestão vai marcar uma nova forma de agir da extensão rural, com critérios técnicos e  baseada em ações que envolvam comprometimento e seriedade de ambas as partes:

– Sabemos que as prefeituras estão com demandas reprimidas, que vêm enfrentando grandes dificuldades, mas temos que agir com planejamento e respeitando totalmente a lei e os parâmetros de natureza técnica, tais como a conservação de solo e água e segurança do trabalhador. Estamos entregando um equipamento de alto padrão, assim como são os serviços de nossos extensionistas, ressaltou.

O secretário Claudio Nuss fez questão de elogiar a equipe de engenharia rural da EMATER-RIO que atua no município, que acompanhou no levantamento das principais estradas vicinais e seu atual estado de conservação:

– Todos nós, de Itaperuna, estamos otimistas com o início desse trabalho em parceria. Juntos, faremos um excelente trabalho que vai beneficiar nossos agricultores familiares e pecuaristas, tão prejudicados com péssimas estradas vicinais.

O diretor Técnico, Benito Igreja Junior, também fez questão de lembrar da importância de uma atuação transparente da EMATER-RIO na execução dos serviços dentro do Programa Estradas da Produção:

– Teremos como premissa critérios técnicos para o envio das patrulhas aos municípios. Antes de qualquer decisão, mandaremos nossa equipe de engenharia rural para interagir com a secretaria municipal responsável pelas estradas vicinais. É importante que os serviços sejam de qualidade e excelência para que tenham a longevidade necessária. Também é fundamental que, além dos contratos de engenharia rural, os municípios reconheçam a necessidade dos convênios de assistência técnica e extensão rural para atendimento de seus agricultores.

O prefeito de Itaperuna também participou da assinatura do documento e saiu com uma expectativa bastante positiva. Marcos Vinicius colocou-se à disposição para futuras parcerias, inclusive nos serviços de assistência técnica e extensão rural.