Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) recebe, até 17 de novembro, inscrições para o Programa Voluntário Ambiental que oferece cinco vagas para atuação no Parque Estadual do Desengano, situado no Norte Fluminense. Dessas cinco vagas, quatro são para atuar na manutenção de trilhas e instalações, e uma para apoio a serviços administrativos da unidade de conservação. Para participar é necessário que o interessado tenha idade mínima de 18 anos, graduação em qualquer área e/ou Ensino Médio completo.

As inscrições podem ser feitas pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, na sede do Parque Estadual do Desengano (Estrada José Dantas dos Santos, nº 35, Itaporanga, Santa Maria Madalena) ou pela Internet, pelo link bit.ly/2zonF4t. Neste último caso, é necessário que o candidato envie cópia de toda a documentação necessária para o e-mail: [email protected], com o assunto “inscrição para voluntariado ambiental”.

Para participar, o candidato deverá enviar ou apresentar a ficha de inscrição preenchida, carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e de habilitação profissional (diploma, certificado e etc.) e Curriculum Vitae.

A lista de aprovados está prevista para ser divulgada no dia 27 de novembro, no site do Inea (www.inea.rj.gov.br), e o início da prestação do serviço está previsto para 4 de dezembro. O tempo do serviço voluntário é de seis meses, prorrogáveis por igual período.

O Programa Voluntário Ambiental tem como objetivo aproximar os cidadãos das práticas sustentáveis na gestão do meio ambiente, promovendo a sensibilização e o aprendizado sobre questões ambientais e o intercâmbio de experiências com os profissionais da área.

“A intenção é que todos ganhem com este processo: a unidade de conservação, por contar com o apoio de mais cidadãos na proteção de sua biodiversidade; os voluntários, por somarem experiência e terem a oportunidade de colaborar com um trabalho prazeroso, relevante e útil; e a sociedade, que poderá desfrutar de áreas mais bem conservadas, com trilhas bem manejadas e com melhor recepção aos visitantes”, explicou a coordenadora do Programa Voluntário Ambiental, Geisy Leopoldo.

Com 22.400 hectares de extensão, o Parque Estadual do Desengano abrange partes dos municípios de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos, no Norte Fluminense. É a unidade de conservação mais antiga do estado, criada em 1970.