Fotografou? Fez um vídeo? Mande para o WhatsApp do
DIÁRIODONOROESTE: (22) 99811-5345

O público que esteve presente no Ginásio do Poliesportivo para assistir o espetáculo Cacos, da Cia Arte & Conflito se apaixonou e deu muitas risadas, no sábado (26/05). A apresentação levou os espectadores ao delírio e simplesmente se encantaram com o belíssimo trabalho apresentado por estes jovens artistas. Levando a plateia a pensar sobre o porquê fazemos algumas coisas durante o percurso da vida: se é por amor ou pelo ego. A peça exprimiu de uma forma leve o quanto nós humanos temos agido por ambição, luxuria e poder, ao invés de fazer por amor. Cacos contou ainda com momentos cômicos que fizeram com que toda plateia dessem gargalhadas e mais gargalhadas. Uma grande apresentação do teatro Itaperunense, feito por jovens atores que fizeram bonito, deixando todos surpresos com tamanha qualidade.

Estavam presentes no elenco: Estêvão Soledade, Lis Evellyn, Keila Moraes, Bella Novaes, Wesley Valadão, Welerson Santos, Jefferson Camacho, Valtrudes Junior e João Marins. Além da equipe técnica Wilson Netto, na sonoplastia e Matheus Valério como contra regra. A direção e produção ficaram por conta dos jovens João Marins e Valtrudes Junior.

– Nosso objetivo é voltar com o teatro e a cultura teatral para Itaperuna. Lembro do CTI (Cia de Teatro de Itaperuna) e eles tinham como seu maior objetivo jogar a cidade lá pra cima, fazê-la um mapa cultural, e nosso objetivo não é diferente. Queremos ganhar nosso espaço e “Cacos” é mais um passo para esta realização. Muitos dos atores que estão ali fazendo esta peça, nem profissionais são, mas estão aqui, aprendendo e se aperfeiçoando. Agradeço a todos os patrocinadores que nos receberam e entenderam nossas causas e também a cada um dos apoios, porque sem eles, isso não teria sido realizado tão perfeitamente. A Cia tem como objetivo mudar histórias, seja atuando em um palco ou assistindo na plateia, levar conflito e reflexão através da arte, através do teatro, esta é nossa missão – declarou João Marins, presidente da Cia Arte & Conflito.