Reunião será realizada no sábado (10) e, para participar, é necessário fazer inscrição. Veja quais cidades serão abrangidas.

Uma assembleia virtual será realizada neste sábado (10) com organização do Sinpro Macaé e Região para discutir a contraproposta de reajuste salarial de professores da rede particular de ensino de algumas cidades abrangidas pelo sindicato.

De acordo com o sindicato, apenas o professorado de Macaé não está incluído nesta Assembleia, que é direcionada aos municípios da Base Estendida do Sinpr e não precisa ser filiado ao Sindicato para participar da discussão.

Para participar, é necessário fazer inscrição. Podem se inscrever gratuitamente professores de escolas de Carapebus, Quissamã, Conceição de Macabu, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Silva Jardim e Rio Bonito.

Para participar os professores devem se inscrever por meio do e-mail assembleia.sinpromacae@gmail.com.

A inscrição pode ser feita até sábado, às 10h, e deve ser informando nome completo, instituição que trabalha, números da identidade e CPF, segmento em que trabalha, função e telefone de contato.

Após a inscrição, a diretoria do Sinpro Macaé e Região vai enviar um link um link de participação intransferível e pessoal. O encontro é pela plataforma “Google Meet”.

O tema da campanha salarial que será discutida é “Em defesa vida, dos direitos e do empregos”. Na oportunidade, os participantes vão debater e deliberar a contraproposta do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro – Sinepe-RJ para que a classe de educadores não seja prejudicada mediante o direito de aumento salarial.

Também será debatido se é conveniente ou não paralisar as atividades em defesa da saúde dos trabalhadores da vida e do emprego e as condições de trabalho necessárias para o restabelecimento das atividades presenciais.

“Nossa luta nesta campanha salarial é pela defesa da vida , dos direitos trabalhistas e da preservação dos empregos. O Sindicato apresentou a pauta com a manutenção das cláusulas sociais e reajuste de 7,59% pelo INPC referente a infância de maio de 2020 à abril de 2021”, afirma Guilhermina Rocha, presidente do Sinpro Macaé e Região.

Com informações do g1.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here