Home Itaperuna Grupamento de Bombeiros de Itaperuna recebe três viaturas novas

Grupamento de Bombeiros de Itaperuna recebe três viaturas novas

0
14

O 21º Grupamento de Bombeiros Militar de Itaperuna recebeu três viaturas novas para reforçar a frota da unidade. Todos os veículos são da mesma marca, modelo e cor: Nissan Frontier MTX 4 de cor vermelha, ano 2019. A conquista vem sendo comemorada pela corporação, que passa a contar com veículo AR (Alto Rápido), o modelo é considerado o mais rápido de apoio operacional.

“Esse modelo serve para ser utilizado como abatedor do socorro, que seria um serviço que alternaria com as motocicletas. Também serve de apoio, suporte a eventos que demandem um maior tempo. Fazendo transportes de militares, combustíveis de abastecimentos de equipamentos. Fazer transportes de equipamentos de respiração, de abafadores para combate a incêndio florestal. Enfim, acaba sendo mais um veículo de apoio de socorro principal”, explicou o comandante do 21º GBM, tenente coronel Charbio Marchett Pinho Guijarro.  

Governador participa da entrega das novas viaturas

O governador Wilson Witzel participou, nesta quarta-feira (31/7), da entrega de novas viaturas e equipamentos operacionais para o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) no Complexo de Ensino e Instrução Coronel Sarmento (CEICS), em Guadalupe. Entre os itens entregues estão 72 viaturas, 70 macas-prancha, 10 motobombas, 1.100 capacetes de combate a incêndio, dois botes infláveis e 360 equipamentos de proteção respiratória.

As aquisições, que somam mais de R$ 22 milhões, são frutos de investimentos dos recursos da taxa de incêndio e do Gabinete de Intervenção Federal (GIF). 

– É importante termos áreas do estado equipadas, não necessariamente somente com homens, mas com equipamentos também. Estamos mobiliando nossas unidades para dar mais agilidade ao Corpo de Bombeiros no combate aos incêndios, principalmente nas áreas mais secas, como no caso do Noroeste Fluminense. É importante também ressaltar que esses materiais foram adquiridos com a taxa de incêndio, um recurso extra que entra nos cofres do Corpo de Bombeiros. É um fundo auditado pelo Tribunal de Contas e, no nosso governo, tem sido muito bem empregado – destacou o governador Wilson Witzel.

De acordo com o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Roberto Robadey Jr., a inovação já é uma marca da corporação.

– Nossos equipamentos são selecionados por uma comissão do Estado-Maior Geral. Essas aquisições tendem sempre a acompanhar os itens que atendem as melhores corporações do mundo. É o caso do capacete. Essa é segunda geração do mais moderno do mundo, usado na França, por exemplo. Além de proteger e dar segurança à tropa, essa peça é um motivo de orgulho para todos os bombeiros – destacou.