Moradores de Itapuã, em Vila Velha, José Carlos, José Luiz e Toninho reivindicam melhorias no canal da Costa (Foto: Antonio Moreira/AT)

Com novas gestões desde o início do ano, as prefeituras de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica começam a ouvir moradores para definir os investimentos prioritários dos próximos anos.

São sugestões que podem entrar no orçamento dos municípios e impactar diretamente o trânsito, a saúde, a educação e o lazer nos bairros.

As audiências públicas farão parte da elaboração do Plano Plurianual (PPA) de cada município. O PPA é uma lei elaborada no primeiro ano de mandato do prefeito com o objetivo de planejar os investimentos. Por lei, os moradores precisam ser ouvidos.

A primeira prefeitura a abrir o diálogo será a de Vila Velha. Hoje, às 19 horas, acontece uma apresentação do orçamento participativo, de forma online.

A Secretaria de Planejamento e Projetos Estruturante da cidade informou, em nota, que serão escolhidas como prioridades as sugestões que entrarem no documento, que podem ir desde a construção de unidades de saúde e praças ao calçamento de ruas e avenidas.

Presidente da Associação de Moradores de Itapuã, Toninho Soares e outros moradores, como José Luiz Bourguignon e José Carlos, já sabem o que querem.

“O grande desafio do bairro é para o canal da Costa, fazer a cobertura, o revestimento, ou propor outra solução. Sabemos que não depende só da prefeitura, mas é algo necessário. Além disso, precisamos de abertura de ruas e troca de calçamento”, afirmou.

Entre os dias 15 de junho e 15 de agosto, será a vez dos moradores de Cariacica. De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças (Semfi), as propostas serão recebidas de forma online. “O prazo para envio da proposta orçamentária é dia 31 de outubro, conforme previsto na lei”, informou, em nota.

Em Vitória, as audiências públicas estão previstas para julho, segundo a prefeitura, mas ainda sem datas divulgadas. As reuniões vão acontecer de forma presencial, seguindo protocolos de segurança sanitária da pandemia. Os moradores, no entanto, terão um site para inserir contribuições.

Os moradores do centro de Vitória prepararam um documento com as 26 prioridades da região. “Ele foi construído com as principais demandas, como a construção da nova sede da escola São Vicente de Paulo, restauração dos imóveis históricos e asfaltamento de ruas da Vila Rubim”, afirmou o presidente da Associação de Moradores do Centro, Lino Feletti

Na Serra, as audiências públicas vão acontecer no final de julho, também de forma online. A prefeitura ainda vai divulgar as datas e o cronograma.

Com informações da Tribuna Online.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here