MEDICO EM ATENDIMENTO DE PACIENTE COM COVID19;SERVIDOR DA SAUDE;INTERIOR DO HOSPITAL LEONARDO DA VINCI; ASSUMIDO PELO GOVERNO DO CEARA PARA COMBATE A PANDEMIA DO CORONAVIRUS QUE CAUSA A COVID19; SAUDE; HOSPITAIS; PANSDEMIA; INFRAESTRUTURA HOSPITALAR; FOTOS © TATIANA FORTES/ GOV. DO CEARA

Onze moradores do Noroeste Fluminense, na manhã desta sexta-feira, 16, aguardavam por vagas em leito de UTI Covid-19 (Unidades de Terapia Intensiva). O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio das 1ª e 2ª Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva – Núcleo Itaperuna – acompanha a situação na Região. 

Uma mulher de 26 anos morreu nesta semana após precisar de UTI depois do parto e não ter leito disponível.

O promotor Dr. Matheus Gabriel dos Reis Rezende, foi informado pela Central de Leitos da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ), que as 55 vagas do SUS, de UTI no Noroeste do Rio estão todas ocupadas, sendo quarenta de cinco delas em Bom Jesus do Itabapoana; outras dez em Itaperuna e seis em Miracema. Apesar de cinco novos leitos no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), que é a referência regional no tratamento da rede pública nos casos mais graves da doença, permanece a saturação do sistema de saúde público com ocupação máxima em UTI especifica e ainda com fila de espera.

FILA DE ESPERA

Informações sobre idades, sexos ou naturalidades dos pacientes não foram divulgadas.

Dados HSVP

O último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Bom Jesus do Itabapoana, onde está situado o HSVP, apontam que a unidade possuía no dia 15, internados na UTI específica para a doença 16 pacientes do município e outros 29 das demais cidades.

Fonte: O Dia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here