Distribuidoras de combustivel da Petrobras. Gasolina, caminhão tanque, caminhoneiros, paralizacao. Foto: Sérgio Lima/Poder 360

A Petrobras comunicou nesta quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021, que os preços do diesel e da gasolina vão aumentar de novo nas refinarias nesta sexta-feira (19) depois de uma semana do mais recente reajuste.

O litro do diesel, principal combustível do transporte de carga e dos transportes coletivos por ônibus fica 15,2% mais caro e vai para R$ 2,58, refletindo R$ 0,34 a mais por litro nas bombas ou distribuidoras.

É o terceiro aumento no ano com acúmulo de 27,72%.

As altas constantes do diesel foi uma das causas da ameaça de greve geral dos caminhoneiros, que não ocorreu, e queixa constante das empresas de ônibus que, devido à pandemia de covid-19, viram a quantidade de passageiros cair. Em muitos sistemas, mesmo sem subsídios, tarifas vão ficar congeladas neste ano.

Já em relação à gasolina, o preço por litro nas refinarias sobe 10,2%, passando R$ 2,48, em média.

No ano, a gasolina aumenta pela quarta vez e está 34,78% mais cara no acumulado.

Além do consumo das famílias, a alta reflete custos para motoristas de táxis e aplicativos, além de entregas de pequenos volumes por utilitários e motos.

Segundo a Petrobrás, os preços internacionais do petróleo atingiram nesta quarta-feira, 17 de janeiro de 2021, os maiores níveis desde janeiro de 2020.

O barril do tipo Brent registrou alta de 1,6%, indo para US$ 61,14. Já o petróleo dos EUA (WTI) avançou 1,8%, passando para US$ 61,14.

Índice de Participação dos Municípios

Os repasses aos municípios da arrecadação de Royalties do petróleo e dos tributos IPI e ICMS são liberados de acordo com os respectivos Índices de Participação dos Municípios (IPM), apurados anualmente para aplicação no exercício seguinte, conforme determina a Constituição Federal e observado o disposto na Lei Complementar Federal nº 63, de 11 de janeiro de 1990, nas Leis Estaduais nº 2.664, de 27 de dezembro de 1996, e nº 5.100, de 04 de outubro de 2007, e no Decreto Estadual nº 46.889, de 20 de dezembro de 2019.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here