A Secretaria de Saúde de Itaperuna viveu dia de graça. A notícia deixou todos motivados, particularmente a gestora da pasta, secretária Nadine Polido que acusou o recebimento de nove novas cadeiras odontológicas para o Dentão (que substituem as antigas, em uso desde a inauguração da unidade, em 2005) e o aumento da verba para a confecção de próteses dentárias, que veio através da Portaria nº 15, do Ministério da Saúde, no último dia 7, alterando o incentivo financeiro de custeio das próteses dentárias em diversas  unidades de saúde bucal do país (Itaperuna foi o único município do Estado do Rio de Janeiro beneficiado por essa portaria).

A coordenadora do Programa de Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde (e também diretora do Centro de Especialidades Odontológicas – o “DENTÃO”), Viviane Pereira, comentou que as cadeiras, também adquiridas com verba do Ministério da Saúde, vão possibilitar um melhor atendimento aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).  “E com a alteração para mais no incentivo de custeio poderemos incrementar a produção das próteses dentárias; antes, fazíamos 80 próteses/mês e, agora, poderemos fazer 120” – enfatizou.

Além da produção e disponibilização das próteses, aos pacientes, o Dentão também oferece diversos tipos de serviços, como: Endodontia (tratamento de canal); Periodontia (tratamento de gengiva); Estomatologia (tratamento de lesões bucais); Cirurgia Bucomaxilofacial (cirurgia de siso), além de atender aos idosos, com acompanhamento geriátrico no tratamento odontológico, e aos PNEs (pacientes com necessidades especiais). Para se habilitar a qualquer um desses procedimentos a pessoa deve comparecer à UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua residência para agendar uma consulta e realizar todo tratamento possível lá. Só no caso da necessidade de alguma especialidade ela será encaminhada ao Centro de Especialidades Odontológicas – o Dentão.

A secretária Nadine Polido, diga-se de passagem, dando o melhor de si por uma melhor qualidade de vida aos usuários da saúde pública, que não se resume à quem vive em Itaperuna, mas pacientes de toda a região não conseguiu esconder sua imensa satisfação em poder oferecer um serviço de ponta na área da odontologia.