O ex-companheiro e principal suspeito do assassinato de Franciane Moisés Pedro, de 27 anos, Gutemberg Xavier Alves, de 43 anos, está sendo procurado pela Polícia Civil. Nesta segunda-feira (28), o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro expediu o mandado de prisão temporária.
O delegado titular da 137ª Delegacia Legal de Miracema, Dr. Gesner César Bruno, disse que, a partir de agora, Gutemberg já é considerado foragido da Justiça e pode ser preso a qualquer momento.
Qualquer informação que ajude a Polícia a encontrar o suspeito deve ser repassada pelo telefone (22) 3852-1977 (137ª DP de Miracema).
O crime
Gutemberg é o principal suspeito do assassinato de Franciane, sua ex-companheira. O crime continua sendo investigado, mas a Polícia apurou que a mulher foi morta e teve o corpo enterrado no quintal da residência onde residia o casal, no bairro Viradouro, em Miracema. Posteriormente, o corpo de Franciane foi retirado e enterrado em uma mata distante da zona urbana, já no estado vizinho de Minas Gerais.
Após 42 dias de buscas, uma testemunha levou a Polícia ao local onde estava enterrado o corpo. Apenas a ossada foi encontrada. Os restos mortais foram encaminhados para o IML de Itaperuna e sepultados em Santo Antônio de Pádua.
Em áudios divulgados no WhatsApp pelo próprio suspeito, Gutemberg alegava que Franciane havia terminado o relacionamento e ido embora de casa, sem informar o paradeiro. O caso é tratado como feminicídio pela Polícia Civil.

Jornal Dois Estados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here