Artist's computer rendered illustration of a microscopic virus.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, informou na noite desta terça-feira, 27, que foram identificados 2 casos da variante P2 da Covid-19. Na Região, o primeiro comunicado da existência desta variante foi feito horas antes pelo município de Miracema que já registra um morador infectado pela nova linhagem do vírus.

A prefeitura não divulgou detalhes sobre sexo ou idade das vítimas nem o bairro onde residem os pacientes. Em nota, o município pede para que a população redobre os cuidados na prevenção e combate ao “novo coronavírus”.

Dados do último boletim epidemiológico da SMS referentes à Covid-19 totalizaram até o dia 27 de abril: 4.311 casos confirmados; 221 casos ativos; 106 óbitos em decorrência de complicações da doença e 91 pacientes com suspeita da infecção. Consta ainda 17 que pessoas estão em isolamento hospitalar no município e oito moradores em unidades de saúde fora da cidade. Foram vencidas 3.984 lutas.

CoronaVac

De acordo com a Agência Brasil, estudos têm demonstrado que a CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan com a farmacêutica chinesa Sinovac, é eficaz contra a mutação D614G, que predomina atualmente no mundo e é comum às linhagens B.1.1.28 (da qual derivam as variantes P.1 (amazônica) e P.2 (surgida no Rio de Janeiro) e B.1.1.33 (da qual deriva a variante N9).

Um estudo preliminar feito em mais de 67 mil profissionais da saúde de Manaus que tiveram diagnóstico confirmado de covid-19 comprovou que a vacina tem 50% de eficiência contra a variante P1, após 14 dias de aplicação da primeira dose.

Fonte: O Dia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here