Movimentação da região da 25 de Março no centro de São Paulo após a reabertura do comércio na cidade

O Estado do Rio registrou o maior número de casos de Covid-19 em um único dia desde o início da pandemia. Foram 12.417 casos registrados em 24 horas.

O recorde anterior era do dia 6 de maio de 2021, quando foram registrados 9.185 casos em único dia.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, através da Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVASP), os 12.417 registros não são de casos ocorridos nas últimas 24 horas.

Os dados incluem casos antigos que estão distribuídos ao longo de todo o período da pandemia.

De acordo com o órgão, 8,7 mil registros são somente do município de Niterói. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói, houve uma revisão dos casos que estavam sem encerramento desde o início da pandemia.

Por isso, a partir de um trabalho da equipe da vigilância municipal, alguns casos foram confirmados por critério clínico epidemiológico.

Números

A variação de casos chegou a 84% nos últimos 7 dias. É a maior desde o dia 9 de maio, quando a variação chegou a 88% de aumento em relação aos 14 dias anteriores.

Com 172 mortes registradas em 24 horas, a média móvel de mortes chegou a 99 e apresenta tendência de queda: -17%.

O número total de mortes chegou a 59.959, enquanto os casos pularam de 1.046.494 casos para 1.058.911.

Neste sábado, o Ministério da Saúde anunciou 5% a mais de doses para o Rio de Janeiro. O reforço, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, virá para conter o avanço da variante delta, cepa que já é responsável por quase metade das contaminações na capital fluminense.

Sem dizer quando as novas doses serão entregues, Queiroga acrescentou que a pasta federal repassou esta semana “mais de 994,4 mil doses” ao estado. De acordo com o ministro, o último repassa foi na sexta-feira (6): mais de 690 mil doses.

Queiroga complementou afirmando que, “desde o início da campanha, já enviamos [o governo federal] mais de 15 milhões de doses para o estado do RJ”. O ministro finalizou a publicação marcando o prefeito Eduardo Paes.

Também neste sábado, Paes (PSD), fez um apelo e cobrou do Ministério da Saúde mais doses de vacinas. O pedido foi publicado em redes sociais. No texto, o prefeito disse ter tido conhecimento de que haveria “um monte de CoronaVac” estocada no ministério.

Mais uma vez fazemos esse apelo público ao @minsaude. Soube que tem inclusive um monte de coronavac do @butantanoficial lá estocada. Bora distribuir. Só 5% dos internados no Rio tomaram vacina. Ou seja, elas funcionam e SALVAM VIDAS! #boradistribuir”, afirmou o prefeito.

Deixe uma resposta