O militar aposentado, que no último domingo (19), após uma discussão com sua ex esposa atirou e tirou a vida de  Maura Lucia Costa Campbel de 55 anos, tia da sua ex, na Rua Francisca Braga, no bairro São Benedito, em Eugenópolis, fugindo em seguida, se apresentou na sede do 47º Batalhão da Polícia Militar, na noite de segunda-feira (20).

Após se apresentar, juntamente com seu advogado, ele foi levado ao delegado de plantão, na sede da 4ª DRPC, onde foi ouvido, não apresentou a arma utilizado no crime, e acabou liberado, já que o inquérito já foi instaurado na delegacia de Eugenópolis.

Fonte: Interligado

Deixe uma resposta