Os deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) fizeram, durante a sessão plenária desta quarta-feira (23), um minuto de silêncio em memória do histórico político e presidente de honra do Partido Progressistas (PP), Francisco Dornelles, que faleceu na parte da tarde, com os parlamentares sendo comunicados ainda em Plenário. Eles usaram a tribuna para fazer homenagens ao economista, que foi ministro da Fazenda, do Trabalho e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, além de deputado federal por cinco mandatos, senador, vice-governador e governador em exercício do Estado do Rio.

“Dornelles teve uma longa trajetória política marcada pelo bom convívio e diálogo, sendo admirado inclusive por adversários, independentemente de questões partidárias e ideológicas. Conhecido pela serenidade e habilidade nos bastidores, ele se tornou um conselheiro para várias gerações de políticos”, comentou o presidente da Alerj, deputado Rodrigo Bacellar (PL).

Integrante do partido de Dornelles e muito próximo a ele, o deputado Dionísio Lins (PP) mostrou bastante consternado: “Eu rogo a Deus para que o receba e possa olhar por nós neste país. Dornelles foi um belo procurador federal que deu uma aula e uma lição e espero eu poder continuar aqui, no Legislativo ou onde estiver, defendendo e honrando a liderança dele”.

A deputada Tia Ju (REP) também destacou a trajetória de Dornelles. “Seguem nossos profundos sentimentos à família do amado e nobre Francisco Dornelles, pessoa pública que deixou muita lição”, disse.

Um dos mais antigos parlamentares da Casa, Luiz Paulo (PSD) comentou que é difícil pensar a política do Estado do Rio de Janeiro sem a presença deste grande político. “O Francisco Dornelles foi um estadista. Um homem profundamente cortês, de uma fidalguia muito grande, incapaz de levantar a palavra, um mediador de conflitos e que conhecia os 92 municípios deste estado”, definiu.

A deputada Martha Rocha (PDT) disse que Dornelles fará falta no cenário da política. “Ele vai deixar muita saudade, mas também importantes ensinamentos com sua conduta e seu jeito muito próprios de conduzir a política”, observou.

Fonte: Alerj

Deixe uma resposta