O grupo Minas Port inaugurou nesta quinta-feira (04/07), no Porto do Açu, Norte Fluminense (RJ), uma nova área de armazenagem, com investimento de R$ 100 milhões. São dois novos galpões de 6,4 mil m² cada, totalizando 12,8 mil m², com capacidade de estocagem de 70 mil toneladas, sendo 35 mil em cada um deles com foco no armazenamento de grãos (soja e milho). Além disso, uma nova área de 11mil m² estará pronta para armazenar diversos produtos, como combustíveis sólidos.  

Instalado no porto-indústria, o Minas Port será responsável tanto pela movimentação de suas cargas de combustível sólido como também prestará serviços de armazenagem e transporte para clientes do setor agrícola. O embarque das cargas exportadas acontecerá pelo Terminal Multicargas (T-MULT) do Açu.
 
Em paralelo à inauguração dos armazéns, o Grupo Minas Port também está implementando um novo conceito logístico, que visa aumentar a produtividade via transporte rodoviário. A frota de caminhões da empresa entrará no Açu trazendo soja para estocagem nos galpões e fará a logística reversa do complexo portuário, levando combustível sólido e fertilizantes para distribuição principalmente em MG e GO.

A nova estrutura de armazenagem promete ampliar ainda mais a competitividade para a movimentação destas cargas.

Os dois novos galpões do Minas Port complementam a estrutura de atendimento para a oferta de mais serviços no T-MULT, que já conta com três armazéns cobertos, em operação desde 2023.

Crescimento exponencial do T-MULT

Em 2023, o T-MULT movimentou 2,1 milhões de toneladas, o que representou incremento de 33% em relação ao mesmo período em 2022. No último ano, foram adicionadas novas cargas ao portifólio, incluindo briquetes de minério de ferro, soja, milho para exportação, além de sal recebido por cabotagem. O T-MULT conquistou, ainda sete novos clientes, totalizando 55 no portfólio.  O terminal opera há oito anos, movimentando granéis sólidos e carga de projeto e teve uma alavancagem (ramp-up) de 43% ao ano (conforme CAGR – taxa composta de crescimento anual). O terminal obteve crescimento de operações de exportação, importação e cabotagem, dobrando suas operações em apenas dois anos. Com o equilíbrio entre cargas de importação e exportação, o terminal também oferece soluções competitivas focadas na necessidade dos clientes.

Até o fim de 2024, a área de cais operacional do T-MULT contará com 500 metros, com calado de até 13,1 metros, e um segundo berço para operar dois navios simultaneamente. Com isso, a capacidade de movimentação do terminal, já num primeiro momento, aumentará para 2,7 milhões de toneladas ao ano. Considerando também a expansão da área de armazenagem, será possível duplicar essa capacidade de movimentação ao longo dos próximos anos, chegando até 5 milhões de toneladas, que é o que uma operação simultânea de dois navios possibilita.

Fonte: Ascom Porto do Açu

Deixe uma resposta